Guia masculino para a TPM, sem frescuras

Publicado: julho 23, 2010 por A Prima em Universo Feminino
Tags:, , , , , ,

Universo FemininoA PrimaPor: A Prima

Você ouve a palavra TPM e já tem vontade de sair correndo gritando pelas ruas, arrancando todos os cabelos? Relaxe, lindinho. A Prima hoje vai te explicar tudo sobre a TPM, e te dar dicas do que fazer para lidar mais facilmente com essa síndrome feminina sem correr muitos riscos de sofrer com a chegada dela.

Todo homem já sofreu, pelo menos uma vez na vida, os efeitos da famosa TPM. Quem é casado, namora, é enrolado, fica ou convive em qualquer aspecto (até no profissional) com uma mulher, vive mensalmente dias em uma zona de perigo, causada por esse fenômeno tipicamente feminino e que é motivo para inúmeros problemas. Mesmo sendo algo freqüente, a maioria das pessoas – e não só os homens – não sabe como lidar com esse período, o que fazer para amenizar as tensões e, principalmente, o que não fazer. Então, vamos lá caçar esse fantasma! Preparados? 😉

O que é a TPM

A famosa TPM é a Tensão Pré-Menstrual, conhecida no campo da saúde como Síndrome Disfórica Pré-Menstrual. Consiste em um desequilíbrio hormonal que acontece no organismo feminino em razão de seu ciclo menstrual, desequilíbrio este que pode afetar de forma direta e ampla o comportamento da mulher. Como o próprio nome diz, ocorre antes do período menstrual, podendo começar até duas semanas antes da menstruação, e geralmente dura poucos dias. Biologicamente falando, a TPM ocorre em razão da diminuição do nível de serotonina no corpo da mulher (que é a substância responsável pela sensação de bem-estar e calma) causado pela ação da progesterona, associado também ao aumento da prolactina (que indica o nível de stress) em razão da ação do estrógeno.

Sintomas

Vários sintomas já foram destacados dentro do quadro da TPM (mais de 150, acreditam?), mas os mais freqüentes são:

Sintomas psicológicos

  • Alterações de humor
  • Irritabilidade;
  • Baixa auto-estima;
  • Insônia;
  • Dificuldade de concentração;
  • Hipersensibilidade emocional;
  • Agitação.

Sintomas gastro-intestinais

  • Inchaço;
  • Dores abdominais;
  • Prisão de ventre ou diarréia;
  • Cólicas

Sintomas dermatológicos

  • Agravamento de problemas dermatológicos pré-existentes;
  • Acne.

Sintomas neurológicos

  • Dores de cabeça;
  • Desmaios;
  • Tontura.

Outros

  • Diminuição do desejo sexual;
  • Sensibilidade anormal (dor) nos seios.

Mitos

Toda mulher tem TPM – Não, lindinhos! Embora seja extremamente comum, nem todas as mulheres sofrem da TPM, e nem toda TPM é grave o suficiente para justificar todos aqueles casos que seus amigos contam de mulheres enlouquecidas em período pré-menstrual. Em uma proporção nada científica, diria que em um grupo de 100 mulheres, aproximadamente 80 delas sofrem de TPM, e dentre essas somente 8 apresentam um quadro “grave”, onde os clássicos sintomas aparecem de uma maneira bastante intensa. Ou seja, em um grupo de 100, há pelo menos 20 mulheres que não sofrem de TPM. Então, uma mulher sem TPM não é assim tããããããããooooo raro como dizem, viu meninos?

TPM é frescura de mulher e desculpa para fazer barraco – Não mesmo, lindinhos. Não posso negar que tem muita garotinha por aí que adora usar a TPM como desculpa para todas as suas mancadas, mas elas não são a maioria. De fato, as mulheres que sofrem de TPM, especialmente os casos graves, não têm como controlar de forma ABSOLUTA as reações que acontecem no seu corpo. É óbvio que, com um pouco de esforço, paciência, auto-conhecimento e principalmente orientação médica especializada, é possível diminuir ou até mesmo controlar os sintomas. Mas não pense que é algo fácil. Diria que o ato feminino de controlar uma TPM tem a mesma complexidade do ato masculino de controlar de forma absoluta uma ereção (ou vai me dizer que você nunca teve uma ereção em um momento impróprio e passou vergonha por não conseguir evitar que isso acontecesse?). Então, deixe de lado esse papinho machista de que TPM é frescura, porque não é. Fiquem espertos e não cometam a gafe de tentar banalizar algo que é puramente biológico!

Fica a dica

Estimule sua esposa, namorada, companheira, ficante, parente, etc.., a sempre procurar orientação médica especializada. Há várias formas de tratamento da TPM, e os resultados são fantásticos. Só um detalhe: jamais dê essa sugestão durante uma crise de TPM se você quer continuar vivo, lindinho. Seja inteligente e espere os hormônios se acalmarem para que sua dica tenha o efeito desejado e não vire um motivo a mais pra explosão das reações da TPM. Comportamento estratégico, sempre! 😉

O que o homem pode fazer para lidar bem com a TPM?

Se você quer uma receita para acabar com a TPM da sua garota, desista. Mas há muitas coisas que você pode fazer e muitas coisas que você não deve fazer para tornar esse período mais amistoso.

  • Não diga que ela está de TPM – nada é mais enlouquecedor para uma mulher do que ouvir “ah, você está é de TPM!”. Pronto. Acabou o mundo. Ela sabe que está de TPM, pode ter dificuldades de admitir isso, e a última coisa da qual ela precisa é de ficar sendo lembrada da TPM a todo momento, principalmente se ela não sabe lidar direito com essa síndrome.
  • Compre flores ou presentinhos – em um período difícil, nada melhor que pequenos agrados para a sua garota. Você correrá o risco de ouvir alguma coisa do tipo “Por que você está me dando presentes? Aposto que aprontou alguma! Já andou me traindo! Bem que eu vi que você está diferente!”. Ok, respire fundo, e seja sincero: diga que resolveu presenteá-la porque notou que ela está em um momento difícil, e sendo ela a mulher incrível por quem você se apaixonou, merece um mimo para ajudar a alegra-la. Pronto. Ponto positivo pra você, que vai durar um bom tempinho, viu?
  • Dê chocolates – mas por favor, nada de chocolates vagabundos! Dê uma caixa de bombons, ou uma barrinha do chocolate favorito dela. O chocolate funciona como um medicamento, pois ele aumenta a serotonina, que é responsável pela sensação de bem estar. E, por favor, nada de dizer que ela vai engordar se comer o chocolate todo de uma vez, porque isso é ser um perfeito estraga-prazeres! Se puder, dê um cartãozinho junto, mais ou menos na mesma linha da fala do tópico anterior, e colocando o néctar dos deuses (chocolate) como o combustível preparatório para o próximo final de semana incrível que vocês terão. E planeje esse final de semana incrível, é claro! Se não for planejar, nem cite. Promessa não cumprida, para a mulher, é o maior dos pecados e motivo para reclamar para o resto da vida!
  • Segure as críticas – em período de TPM a mulher tem dificuldade de lidar com qualquer tipo de crítica. Portanto, nada de falar que ela está comendo demais, que ela está com o cabelo estranho ou precisando de cuidado, ou que a roupa dela não está boa. Se achar extremamente necessário fazer uma crítica, faça da maneira mais sutil, carinhosa e delicada possível. Mas se puder evitar, evite. Uma crítica é o perfeito estopim para uma crise de choro ou de baixa de auto-estima nesse período. O melhor caminho é exatamente o oposto disso, procure elogiar sua garota. Mas faça elogios de uma maneira sincera e moderada, porque algo extremamente forçado fica muito óbvio e com cara de coisa “montada”, e pode acabar virando uma arma. Bom senso, lindinho! Bom senso!
  • Se ela pisar na bola, modere ao apontar o erro – se sua garota fez algo que o chateou de alguma forma, você deve mostrar a ela o seu descontentamento. Mas mostre de forma inteligente: marque sua insatisfação de uma maneira sutil inicialmente, e deixe para falar sobre isso depois que a TPM passar. Não é porque sua garota está de TPM que ela tem o direito de fazer e falar o que bem entender, e você tem que ficar ali, com cara de paisagem, aceitando tudo. De fato é um período complicado para a mulher, mas se ela é plenamente capaz, pode perfeitamente ter um mínimo de noção das ações e tem que saber arcar com as conseqüências dos atos. A TPM gera muitas atitudes equivocadas, mas não tira completamente o discernimento da mulher nem a torna incapaz. Tudo tem seu limite, e nada melhor que o bom senso pra ditar exatamente onde há possíveis exageros ou comodismos, tanto da sua parte quanto da sua garota.
  • Seja um bom ouvinte. Se ela se exaltar, mantenha a calma e tente ser acolhedor – se ela começar a discutir, falar alto, chorar, ou te ligar transtornada por absolutamente nada, ouça mais, fale menos e tente ser carinhoso e acolhedor em suas respostas. Não tente retrucar nessa hora: é algo que não vai ter o menor efeito, e só vai conseguir aumentar o stress dela e piorar o quadro pra você mais tarde. Releve algumas cutucadas que ela te der; o nervosismo dessa fase pode acabar fazendo com que ela exagere nos comentários ou mesmo diga coisas que, de fato, não são o que ela realmente pensa. Mas se houver exagero, é bom que seja devidamente tratado em momento oportuno, como já disse antes.
  • Seja mais carinhoso e acolhedor do que o normal – cafunés, carinhos, massagens… não há quem não goste disso. Se você conhece bem a garota, sabe bem as medidas que ela gosta de cada uma dessas coisas. Então, procure oferecer esses mimos com mais freqüência, porque o contato corporal acalma. Todos os sintomas da TPM acabam deixando a mulher mais carente, e por isso uma dose extra de carinhos não faz mal algum.  Mas não pense que esse tipo de contato físico levará ao sexo, ou que o sexo poderá acalmar a garota ainda mais. O mais comum é a mulher, durante a TPM, perder o apetite sexual. Isto porque a instabilidade emocional pode ser considerável, pode haver reflexos no corpo (inchaços) e auto-estima e tudo pode passar a ser incômodo. O sexo pode acontecer, mas deixe que aconteça de maneira natural. Nada de induzir ou forçar o sexo, pelo amor que você têm à sua vida e aos seus dentes, lindinho! 😉
  • Dê espaço para ela, sem abandoná-la – alguns danadjenhos ficam tão desesperados nesses períodos que começam a grudar em suas garotas, querendo conversar a todo momento para que elas desabafem, ou querendo proporcionar uma overdose de carinhos e cafunés. Não, lindinhos! Tudo tem seu limite. As mulheres em uma crise de TPM precisam também do seu espaço, sem vocês por perto o tempo inteiro. Deixe sua garota respirar! Nada de ficar ligando de 5 em 5 minutos, ou de ficar pendurado no pescoço dela o tempo inteiro. O segredo é estar sempre disponível, ir observando as reações da sua garota e ir distribuindo o tempo entre uma ação e outra.
  • Evite a famosa D.R. – o que pode ser mais trágico que uma discussão fomentada por alteração hormonal que causa irritação, alteração de humor e stress? Difícil de imaginar, não é? Então, se sua garota tentar uma D.R. (Discussão de Relação), tente evitar que isso prossiga, até que a TPM passe. Relembrar bons momentos do casal, viagens românticas, cenas inesquecíveis e/ou qualquer outra coisa que aceite como trilha sonora a mais melosa música de amor são boas táticas. Quando a TPM passar, se você achar pertinente, retome o assunto e discuta a relação ou permita que ela o faça. Acreditem, uma D.R. pode ser saudável, nem sempre é o bicho de sete cabeças que pintam. 😉

Fora isso, usem o bom senso, lindinhos. É só lembrar que paciência, carinho e compreensão são as chaves do sucesso para lidar com a TPM das garotas. E se os sintomas forem recorrentes ou você perceber um agravamento, não deixe de alertar sua garota sobre isso. Mas de maneira inteligente, é claro, e depois que a TPM passar! 😉

A PrimaSe você tem alguma outra dica, se discorda de algo que foi dito aqui ou quer sugerir algum tema para a Prima analisar sob a perspectiva do Universo Feminino, entre em contato com a gente! O e-mail é hsf.aprima@gmail.com . Beijos, lindinhos! E até a próxima! ;)

comentários
  1. Lia disse:

    eu curti e compartilhei o post!

  2. Daniel disse:

    Bom so preciso saber com faço pra nota q minha namorada esta na fase d estress d/ T.P.M bom aki esta meu Msn espartano_337@hotmail.com minha idade e 15 preciso d ajuda + rapido possivel !

  3. Andre Figueiredo disse:

    nossa! minha namorada que me mostrou isso, para o homem é complicado mesmo entender esse ciclo da mulher, mas nada é impossivel, temos q aprender a lidar com esses tipos de situações. 😦 gostei muito da dica e vou tentar aprender…

  4. Dennis disse:

    Adorei as dicas, estava passando um sufoco com a minha garota, valeu mesmo pelas dicas.

  5. Gilson Ribeiro disse:

    Bom dia espero que não esteja de TPM, uma dica para os companheiros, nesses dias terríveis de guerra, Eu sutilmente deixo meu amorzinho na casa da minha queridinha sogrinha e meus dias são maravilhosos bem longe da faixa de gaza.

  6. […] é legal e não conseguimos controlar, procure agradar ela e dar mais atenção. Aqui nesse site (Homem sem frescura) tem mais dicas pra lidar com a TPM da sua […]

  7. leonardo disse:

    Obg pela dica em poder se lidar com a tpm obg

  8. Robson disse:

    Obrigado!👏👏
    Me ajudou bastante!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s